Merkel diz que crise vai demorar 10 anos, mas que não há motivos para pessimismo
 
Angela Merkel afirma, em vídeo, que “será, com certeza, necessária mais uma década para que a Europa esteja melhor” e que a Alemanha tem de “fazer o possível para pôr a Europa em ordem”.
 
Merkel volta também a pressionar os outros países europeus para que inscrevam nas suas constituições o limite à dívida pública - Foto de Savas Savidis/Flickr
Merkel volta também a pressionar os outros países europeus para que inscrevam nas suas constituições o limite à dívida pública - Foto de Savas Savidis/Flickr

No vídeo que divulga semanalmente na internet, Angela Merkel afirma que “será, com certeza, necessária mais uma década para que a Europa esteja melhor”. A chanceler diz ainda que a Alemanha tem de "fazer o possível para pôr a Europa em ordem" e conclui afirmando que “não há motivos para pessimismo, desde que todos façam as suas tarefas de casa”.

Segundo a agência Lusa, Merkel diz ainda que as dívidas públicas foram acumuladas durante décadas para considerar que o caminho “exigirá muito esforço”, ou seja mais e mais austeridade.

Merkel volta também a pressionar os outros países europeus para que inscrevam nas suas constituições o limite à dívida pública, referindo ainda que se a Europa não estiver bem a Alemanha também não estará, salientando contraditoriamente, no entanto, que a economia germânica tem crescido e a sua actual taxa de desemprego é a menor dos últimos 20 anos.

Fonte: Esquerda.net


 

 
 
ver todos os artigos