Agrotóxicos entram na pauta da Câmara
Subcomissão específica sobre venenos agrícolas deve ser instalada quarta-feira. Artigo Vinicius Mansur de Brasília (DF), para o Jornal Brasil de Fato.

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou na semana passada a criação da subcomissão especial sobre o uso de agrotóxicos. De acordo com o deputado Padre João (PT-MG), autor do requerimento da subcomissão, os trabalhos devem começar nesta quarta-feira (30).

“Falta só entendimento com o presidente da comissão [Saraiva Felipe PMDB-MG]. Mas precisamos começar logo, devemos começar esta quarta. Os agrotóxicos estão vitimando os trabalhadores do campo, o meio ambiente e os consumidores. Até o leite materno já está sendo contaminado. Muito se preocupa com alimentação balanceada, mas pouco se fala dos agrotóxicos”.

Na semana passada, uma pesquisa da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) revelou que o leite materno de mulheres de Lucas do Rio Verde – cidade da região central de Mato Grosso, em um dos principais municípios produtores de grãos deste estado - está contaminado por agrotóxicos.

A finalidade da subcomissão proposta pelo Deputado Padre João é avaliar as políticas implementadas para o setor, assim como propor medidas sobre a comercialização, utilização, controle e fiscalização dos agrotóxicos e seus componentes. Outra meta é o levantamento e análise de dados sobre a intoxicação, aposentadoria por invalidez, falecimento de trabalhadores rurais por uso dos agrotóxicos e suas consequências na saúde da população.

Na manhã do dia 7 de abril – Dia Mundial da Saúde, a Comissão de Seguridade Social e Família também realizará uma audiência pública sobre os agrotóxicos. Para este dia, mais de 20 organizações sociais preparam o lançamento de uma campanha nacional contra o uso dos agrotóxicos, em Brasília

 
 
ver todos os editoriais