UPE vai continuar nas ruas pela cassação de Derosso
Rafael Bogoni, presidente da UPE, avalia como positiva a passeata de ontem que pediu a cassação de João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara de Curitiba.Cerca de mil estudantes participaram do protesto.

Estudantes invadem estacionamento da Câmara para pedir "Fora Derosso"

Sergio Silva e Julio Cesar Lima

Fale com o repórter

Cerca de 800 estudantes invadiram o estacionamento da Câmara Municipal de Curitiba e tentaram entrar no prédio para acompanhar a sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades em contratos de publicidade da Casa comandada por João Cláudio Derosso (PSDB). A movimentação começou por volta das 9h30 desta quarta-feira (28).

Houve um princípio de tumulto quando os manifestantes chegaram à Câmara. Seguranças tentaram impedir a ocupação, mas houve diálogo e os estudantes puderam ocupar o lado de fora de forma pacífica.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Roni Barbosa, e o presidente da União Paranaense dos Estudantes (UPE), Rafael Dugoni, conversaram com integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para decidir quantos manifestantes poderiam entrar e acompanhar a sessão que irá ouvir hoje funcionários da Comissão de Licitação. Ao final das conversas, foi decidido que 30 ouvintes participarão.

O presidente da CPI, vereador Emerson Prado (PSDB), desceu ao estacionamento para pedir calma aos manifestantes. Segundo ele, estava dificil trabalhar. "Aceitamos a presença deles e acredito que a manifestação é legítima, mas se acontecer de forma organizada", disse.

O vereador afirmou que alguns carros do estacionamento estavam sendo riscados e o prédio estava sendo vandalizado, mas nada foi confirmado. "Assim como eles querem que nosso trabalho seja feito com imparcialidade, pedimos que não destruam o patrimônio público", frisou Prado. 

Estudantes e representantes de entidades como a CUT iniciaram uma passeata hoje cedo, da praça Santos Andrade em direção à Câmara Municipal de Curitiba, para pedir o impeachment do presidente da Casa, João Cláudio Derosso.

A manifestação reúne estudantes e representantes de entidades e partidos políticos. Alguns manifestantes estão com o rosto pintado de verde e amarelo e seguram faixas e cartazes com frases de "Fora Derosso".

Segundo o estudante Douglas Renan, de 20 anos, do Colégio Estadual do Paraná, é preciso se manifestar para protestar contra a situação política. “Uma passeata assim é importante para mostrar que estamos insatisfeitos com a situação de corrupção que está no Brasil há 500 anos”, disse o estudante.

Fonte: Banda B e Blog do Esmael

 
 
ver todos os editoriais