Instituto Adolpho Bauer e anceabra realizam debate sobre Pré-Sal
Os recursos do pré-sal levando em conta o gênero e a raça, além do financiamento à educação.

“Nós queremos que os afrodescendentes sejam parte da inteligência técnica que vai explorar o pré-sal, não só aqueles que irão carregar os barris e tonéis de petróleo”, disse Adilton de Paula, coordenador-geral do Instituto Adolpho Bauer.

Participarão do debate o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Augusto Chagas; João Bosco Borba, presidente da Associação Brasileira de Empreendedores Afro-brasileiros, Hélio Santos, ativista do movimento negro há 30 anos e professor da Universidade de São Paulo (USP); do Secretário-executivo do Ministério da Igualdade Racial, Elói Ferreira de Araújo; Isabel Freitas, da Marcha Mundial de Mulheres; e Adroaldo Quintela Santos, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Acerca do Instituto Adolpho Bauer

O Instituto Adolpho Bauer é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, com sede na cidade de Curitiba, que tem atuação focada no desenvolvimento territorial sustentável e de projetos educacionais que visem à melhoria da qualidade de vida e a busca da sustentabilidade humana, social e ambiental.

Tem também como metas o combate às desigualdades e todas às formas de violências e discriminações, além disso fazem parte dos princípios e objetivos estratégicos do instituto promover a igualdade social, de classe e de gênero.

Serviço:

Debate: Marco Regulatório do Pré-Sal

Data: 05 de outubro

Horário: 9:00 H às 18:00 H

Local: Sede do Instituto Adolpho Bauer

Endereço: Rua Conselheiro Laurino, 809, sala 305 - centro - Curitiba 

 

 
 
ver todos os editoriais