Corpo de jornalista assassinado em Quatro Barras é enterrado na Lapa
Anderson Leandro da Silva, de 38 anos, foi encontrado morto a facadas nesta quinta-feira (18), depois de investigações do Gaeco apontarem a autoria do crime. Fonte: Gazeta do Povo
19/10/2012 | 11:45 | Antonio Senkovski, com informações de Aniele Almeida O jornalista Anderson Leandro da Silva, de 38 anos, foi enterrado na manhã desta sexta-feira (19) no cemitério da Lapa, município da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Cerca de 200 pessoas foram à cerimônia, entre familiares, representantes de sindicatos, movimentos sociais e outros colegas de trabalho. O corpo dele foi encontrado nesta quinta-feira (18), em um matagal em Quatro Barras, também na RMC. De acordo com informações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Anderson Leandro, foi atraído para uma emboscada e morto a facadas por motivos passionais. O acusado do crime confessou a autoria e está preso. Saiba mais Protesto pede rigor nas investigações sobre o desaparecimento de jornalistaJornalista desaparecido foi vítima de crime passional, diz políciaRelembre o caso No último dia 11 de outubro, a família da vítima veio a público manifestar o desaparecimento do jornalista. Na ocasião foi informado que ele tinha sido chamado por um cliente para fazer um orçamento da sua produtora de vídeo e que depois disso não foi mais visto. Na última terça-feira (16), o Grupo Tigre, unidade de elite da Polícia Civil, entrou nas investigações praticamente sem pistas do que poderia ter ocorrido. Nesta quinta (18), um suspeito de ter cometido o crime confessou a autoria e indicou aos policiais onde havia abandonado o corpo. Anderson Leandro teria mantido um romance com uma adolescente de 16 anos, namorada de Henrique Weslley Oliveira Woiski, de 20 anos. Quando ficou sabendo do caso da menina com outro homem, Woiski teria obrigado a namorada a telefonar ao jornalista, marcando um encontro. As investigações apontam que a jovem teria ainda convencido Anderson a ir até uma estrada de terra, onde aconteceu o crime.
 
 
ver todos os editoriais