EUA espionam usuários do Google, Facebook e Yahoo, diz jornal
De acordo com o “The Guardian”, governo monitora histórico de buscas, arquivos e conteúdo de e-mails e bate-papos.Por Daniele Silveira, da Radioagência NP
07/06/2013 - O governo dos Estados Unidos tem acesso direto aos sistemas das principais empresas da internet, como Google, Facebook, Yahoo, Microsoft, PalTalk, AOL e Apple. Ossites Youtube (Google) e Skype (Microsoft) também são monitorados. A informação consta em um documento secreto divulgado pelo jornal britânico “The Guardian” na última quinta-feira (6). De acordo com o jornal, o governo monitora o histórico de buscas, arquivos, conteúdo de e-mails e bate-papos on-line de usuários que consideram suspeitos. Os dados são coletados pela polícia federal dos Estados Unidos (FBI) e pela Agência Nacional de Segurança (NSA), com o objetivo de rastrear as movimentações dessas pessoas na internet. O programa de obtenção dos dados foi iniciado em 2007 na Microsoft, ainda sob o governo de George W. Bush. Porém, denúncias recentes reforçam a continuidade da prática de espionagem. Nesta semana, o governo estadunidense havia admitido grampo aos registros telefônicos de clientes da operadora Verizon. A confirmação foi dada em resposta a documentos divulgados também pelo “The Guardian”. Algumas empresas, como a Apple, disseram desconhecer esse programa de invasão de seus sistemas. Já a Google confirmou a divulgação dos dados dos usuários ao governo, conforme determinações judiciais. *com informações do Opera Mundi
 
 
ver todos os editoriais